segunda-feira, 28 de maio de 2012

Da contradição de se ter ciúmes, de quando sabemos que além de dois existem mais.

♫ Quero levar uma vida moderninha, deixar minha menininha sair sozinha, não ser machista e nem bancar o possessivo, ser mais seguro e não ser tão impulsivo, mas eu em mordo de ciúmes! ♫
Ciúmes de tremer as mãos, de sentir o peito oco como se nada houvesse ali dentro.
Nós mesmos somos o ápice da contradição.
Ella não aceita que elle tenha outra. Briga, chora, grita. Mas ella mesma tem outros.
Quando é com a gente tudo é válido? Ou vivemos nessa eterna contradição moral do ciúme? Sentimos um ciúmes doentio, mas não queremos nós mesmos deixar de sentir e ter nossos prazeres. É que torna-se quase impossível isso!
Como entender um mundo que além de dois existem milhares? Como deixar de sentir, de ter tesão, de desejar e, por quê não, de amar milhares de vezes? Somos todos iguais.
O ciúme é só vaidade nessa terra de inseguros?
Nem eu mesma consigo me compreender. E se fosse só eu talvez me sentisse errada, louca. Mas são todos! Reparados em pedaços de conversas, em olhares contidos ou escancarados, num gesto, num aperto de mão! Somos todos possessivamente amantes!
Mas é que é confuso e conturbado mesclar liberdade e possessão.
Querer livre para ser livre ou ser livre para querer livre?
Vivemos assim nessa corda bamba de um risco prazeroso.
Tudo é dual, a guerra é produto da paz, e ciúme é fruto do saber dos próprios desejos.
Como é que eu posso querer alguém e ao mesmo tempo ter tanto medo de não ter as outras maçãs que estão no caminho?
E como eu posso continuar querendo, e sofrendo, e tremendo que nem vara verde de bambu de um ciúme tão ruim assim?



sábado, 19 de maio de 2012

Sabe quando se quer trabalhar em um lugar, quer oportunidades, elas quase não surgem, daí quando surge você está em casa doente, febre e garganta?
Porra.
Eu vou.
Me dê pelo menos meia hora para o remédio começar a fazer efeito.
Alopatia uhul.

Pior, não consigo nem fumar unzinho com essa garganta assim.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Retalhos

Canto cantigas, fumo um, canto mais, vontade de beijar, exercício de surrealismo, dizer o que pensa, penso em você, sexo amor, chocolate e olha que nem de chocolate eu gosto, foi só uma palavra que veio,  praia, vento, frio, serra, sol, ler numa sombra em frente ao mar, abraçar você, sentir seu cheio, tuê correndo, amo muito, amor eterno, música calma, violão, berimbau, cheiro de tarde, te ouvir, te admirar, cansaço, tempo, vamos?, loucura, o que você quer?, tem coragem para isso? paciência, meu amor, paciência, infãncia, cansaço, vida, coração, vida, saudade, pai, mãe, amigos, acampar naquela ilhazinha, não ter pressa, o tempo não pára, mas tudo pede calma, alma, iluminar a sala de amor, quero dormir, trabalho, trabalho, sonho contigo, quero você, quero vocês, amores, só porque tem um encanto que a tempos não sentia, só porque quando tou longe sinto saudades, loucura, falar de dois, um, nós, três, amor de mãe, querer de mulher, bem querer,...

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Quando, pela sinestesia, subjetivamente sentimos algo, nos deixamos contaminar por uma arte, sentimos e transpiramos qualia, onde está a mente? O que é ela?
Existência ou fruto de imaginação?

"Se ele era um sábio chinês que sonhou que era uma borboleta, ou se era uma borboleta sonhando que era um sábio chinês..."
Querer escrever algo e parar diante de um papel em branco... Ou de uma página html em branco!
Que grande sufoco!


Melhor ir estudar!

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Meu olhar

-- O que você vê quando me olha assim?
-- Que pergunta difícil! Subjetiva!
-- ...
-- Eu fico te admirando...


terça-feira, 15 de maio de 2012

Escritos bêbados

Mas um escrito bêbado, desses que se tem dificuldade até de entender o que está no papel!

Só porque eu quero que você esteja comigo na minha sensatez, quero que você esteja comigo na minha loucura, e só porque abri uma página e era você nela!
Sincronicidade?
Coincidência?
Nós dois?
Ou não?
Que merda, heim!
Pensei em você e você estava ali...
Eu te desejo com todas as liberdades que possa ter, mesmo que com elas estejam embutidos meus ciúmes.
Me desculpe por não ser a pessoa ideal.
Só me queira.
E sejamos SINCRÔNICOS!

Ps, a foto não ficou comigo, mas a poesia sim!

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Das poesias do sono que não se sabe dizer

♪♫♫♪ O amor só dura em liberdade, o ciúme é só vaidade, sofro, mas eu vou te libertar, infinita é tua beleza, como podes ficar presa que nem santa no altar... ♪♫♫♪

Ah, o gostar...
Quando você sonha com o cheiro, deseja teus cabelos, tua pele. Por mais que o outro seja interessante, amigo, legal, não é a mesma coisa.
Coisa boa é ter seus cabelos em minha mão, é sentir o seu gemido quando te toco. Coisa boa é isso! O resto é o resto!
Coisa boa é querer ver teu sorriso de novo, é pensar em você no meio da aula de signos (e não estou falando de zodíaco)...
Pensei em te escrever meus sentimentos, mas não quis te assustar nem muito menos te afugentar. É muito cedo, não?
Mas já falei antes por aqui que eu sofro com minha urgências.
É um medo de não te ver mais.
Quero poder conhecer suas partes, sua mente, sua vida. Quero poder te escolher, quero poder ser escolhida. E isso tudo requer tempo!
Eu sei!
Mas e se esse tempo nunca existir?
Te desejo livre, para que venha a mim quando assim desejar, sem imposições. E desejo mais ainda que essa liberdade caminhe lado a lado comigo, com a minha liberdade, para sermos livres juntos... Só a liberdade traz a união...

Tinham poesias em meus sonos,  coisas lindas para falar...
Mas acordo e todas essas palavras se enevoam, passam como música em minha cabeça, numa melodia que só eu posso ouvir...
Não sei escrevê-las. Não sei dizê-las. Receio-as.

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Sonho, sexo, paixão, vontade imensa de ficar e não pensar em nada... ♫♪♪♫

terça-feira, 8 de maio de 2012

Quando vem essa insônia no meio do nada acompanhada desse sentimento de que o mundo é uma merda, pode crer que é TPM.
Daí começam minha tristes viagens em fotos alheias e aquela sensação de que tem algo errado.
Mas não tem.
Tá tudo na mesma.
Daqui a 5 dias tudo melhora.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Eu juro que tento me tornar uma pessoa séria.
Mas o universo não conspira a esse favor.







Ainda bem!!
http://blogseacasomequiseres.blogspot.com.br/2012/01/me-deu-nojo-olhar-para-aquela-cena.html

Só digo uma coisa:
Deu certo demaaaaaaais!!!

:D

Das inspirações

Todo romântico escritor que se preze tem em seu currículo inúmeros musos e musas.
E há quem pergunte da frivolidade dos sentimentos deses escritor.
Não são frívolos, nem muito menos fugazes, são reais. Grandemente reais, irritantemente reais, perfeitamente reais! Nem que sejam por pouco tempo.
São confetes, não é mesmo?
Me encanto profundamente o tempo todo! Gosto disso, gosto de me encantar! 
Gosto de gostar! Amar, amar, amar!
Nascemos para isso!
E viva a vida que brinda essa humilde escritora com Galas Éluards para encantar!
E não me estranhem, não me julguem e nem muito menos pensem que não tenho sentimentos verdadeiros!
Tenho... Todo o tempo!
E temos todo o tempo do mundo! 
Inteligência é afrodisíaco.


terça-feira, 1 de maio de 2012

Juro que queria demais uma ótima companhia agora!
Onda, onda, onda!
Puxa vida, que fim de semana louco e maravilhoso!
Eu disse que estava para a vida!!
E acho que a vida está para mim, coração!!!
Fim de semana lindo!!
Revi amigos queridos, reverei amiga querida, trabalhei, me diverti, trabalhei e me diverti! Conheci melhor uma pessoa maravilhosa, um querido!
Gente!
Bom!

************

E músicas que não param, pensamento que não para!!

 
Se acaso me quiseres.... Design by Exotic Mommie. Illustraion By DaPino