sábado, 26 de março de 2011

Confesso que não havia antes notado ele. Nem nos corredores. Um dia o vi numa apresentação. Achei-o encantador. Mas era um palco. Deixei para lá. Depois passei a andar pelos corredores de canto de olho, quem sabe não o reconheceria!
Um dia, pasma, ele falou comigo! Falou meu nome, se não me engane (mas posso sim estar ilusionando isso), falou dos amigos que eu ando...
E nossa, como ele é lindo!
Passei a ter vergonha dele. Puxar assunto? O quê? Ocasião é a gente quem faz. Já me disseram isso. Mas, o quê?
E sempre ele tem um riso tão lindo quando a gente se bate pelos corredores, bosques, filas!
Um dia desses eu me desliguei do mundo enquanto olhava para ele... Uma amiga falava comigo e eu automaticamente respondia. Não sei o que ela falava. Eu me camuflava nos meus óculos escuros. Ele se camuflava nos dele. Em minha frente. E ouso acreditar que ele olhava em minha direção! Estávamos tão perto! E nem sei se ao menos eu respirava naquele momento! No meu mundo éramos nos dois nos olhando... e algumas pessoas circulando entre nós...

sexta-feira, 11 de março de 2011

Ele pediu meu telefone e eu passei o resto da noite boba por causa disso.
É...
Tem algo errado!!

quarta-feira, 9 de março de 2011

Relaxa Iole!
Vai ficar gostando de alguém que não quer nada com você?

Eita besteira!

Respire mais!
Viva mais!

terça-feira, 8 de março de 2011

Eu de repente parei e pensei, o que eu quero fazer? Ia escrever algo, parei na novela (eu realmente gosto dessa novela ti ti ti) e quando eu vi já não queria mais escrever sobre o que eu ia escrever, nem ao menos sabia o que queria agora escrever! Ou se queria jogar, estudar, arrumar a casa (não), ou sei lá o quê!
Resolvi escrever então sobre isso.
Eu realmente não queria fazer nada, nada pelo menos que não estivesse ao meu alcance agora! Sim, eu gostaria e tinha idéias de coisas além do que eu teria como fazer agora. Mas tem tanta coisa que eu posso fazer agora e estou aqui nessa oh céus de vida!
Lembrei agora de um amigo, dizendo muito antigamente, que não suportava quando eu falava oh glória pra tudo! Dizia que parecia uma evangélica! Eu gostava!
Adendos de parabéns extra a esse amigo, irmão, agora pai! Parabéns a toda a sua família multinacional, cara! Globalização! Lindos! Tão adversos e tão certos! Lindos!
Ei amigo, me declarei!
E de repente esse texto foi sobre isso! E eu não sabia que era para ser sobre isso!
Mas é sobre um amigo querido e sua linda família!
E é sobre tentar, sabe? Se jogar de cabeça nas coisas e tentar! O máximo que pode acontecer é dar muito certo!

Esse texto me instigou a continuar a arrumar minha casa. Sinceramente!
Era uma vez um quarto mofo! Que crescia o super-mofo lá dentro! E uma amiga muito peculiar morava nele! Mas sabe, ela se jogou de cabeça! Fez viver a vontade dela! E eu a olho hoje, por imagens virtuais, e acho que ela continuar peculiar e linda! E podíamos ter dado certo na Do Meu Bolso Produções! Quem sabe um dia?

Eita! O texto fez foi mudar de forma!
Eu adorei isso!
Falsa modéstia truando!
E borboletas pululando!

segunda-feira, 7 de março de 2011

Eu vou eternamente me lembrar de você, meu amigo, toda vez que apertar aquele velho fininho de porta de cadeia...

quinta-feira, 3 de março de 2011

Não tou bem hoje.
Queria um beck.
Um colo não.
Sei lá.
Aliás, um colo poderia até ser bom.
Se bem que hoje eu não tou bem.
Queria um beck.

E um bilhete premiado da mega-sena.
Olhei imagens que talvez não devessse olhar.
Lembranças.
Coração apertado.
Mas isso até que faz bem, sabe?
É bom para vermos que a vida se renova, os quereres se renovam...
E quem sabe agora minhas eternas borboletas queiram volitar para outros planos!
 
Se acaso me quiseres.... Design by Exotic Mommie. Illustraion By DaPino